Os alunos Afonso Maria Sousa Figueiredo Dias Rocha, Beatriz Coimbras Rocha e José Miguel Maltez Xavier, do 8.º A, participaram na Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens do Ensino Básico, que se realizou nos dias 6 e 7 de maio, na Assembleia da República, em Lisboa, como deputados eleitos pelo círculo eleitoral de Viseu.

132 deputados de 66 escolas eleitas nas Sessões Distritais e Regionais, acompanhados pelos seus professores e pelos jornalistas candidatos ao Prémio Reportagem, representaram mais de 109 000 alunos de 512 escolas participantes de todo o país, bem como de escolas portuguesas dos círculos da Europa e de Fora da Europa, do 5.º ao 9.º ano de escolaridade.

No dia 6, organizados em quatro Comissões, os jovens deputados apreciaram os 22 projetos de recomendação sobre "Alterações Climáticas: Salvar os Oceanos", dos diferentes círculos eleitorais (do continente, das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, da Europa e de Fora da Europa).

No dia 7, a sessão de abertura contou com intervenções do Presidente da Assembleia da República, Dr. Eduardo Ferro Rodrigues, do Presidente da Comissão de Educação e Ciência, Dr. Alexandre Quintanilha, e da Secretária de Estado Adjunta e da Educação, Dr.ª Alexandra Leitão.

O Afonso, a Beatriz e o José representaram, com enorme sentido de responsabilidade, não só o Agrupamento de Escolas de Nelas, mas também o círculo eleitoral de Viseu, que os elegeu.

Merecidos parabéns para quem tão abnegadamente se empenhou!

O programa Parlamento dos Jovens, iniciativa da Assembleia da República, dirigida aos alunos de todo o país, tem este ano como tema “Alterações Climáticas - Reverter o Aquecimento Global" (sessão do Ensino Secundário) decorre, como habitualmente, em três fases/sessões distintas: a Sessão Escolar (com a eleição de deputados jovens por cada escola e a aprovação de um Projeto de Recomendação sobre o tema em debate), a Sessão Distrital e, finalmente, a Sessão Nacional, que se realizará na Assembleia da República, em abril / maio de 2019.

     O nosso Agrupamento irá, mais uma vez, participar neste projeto,

Algumas fotografias desta atividade.

Uma vez mais a Escola Secundária de Nelas estará presente na sessão nacional do Parlamento dos Jovens – Ensino Secundário

Ensino públimagem_net_cartaz_PJSico e privado: que desafios?” foi o tema do projeto Parlamento dos Jovens do Ensino Secundário, uma iniciativa da Assembleia da República, que tem como principais objetivos promover a educação para a cidadania e o interesse dos jovens pela participação cívica e pelo debate de temas da atualidade.

Concluídas as atividades relativas à primeira fase do concurso, a nível da escola, realizou-se no dia 10 de março a Sessão Distrital, segunda fase do projeto que decorreu no Auditório do Instituto Superior Politécnico, onde estiveram representadas 24 escolas, que elaboraram o Projeto de Recomendações do distrito de Viseu, e elegeram as quatro escolas para representarem este círculo eleitoral na Sessão Nacional: (Escola Básica e Secundária de Moimenta da Beira; Escola Secundária Latino Coelho, Lamego; Escola Secundária de Vila Nova de Paiva; e Escola Secundária de Nelas).

A Escola Secundária de Nelas participou e esteve representada, nesta fase, pelos alunos Augusto Silva e Diogo Camões, na qualidade de deputados efetivos, e pela aluna Mariana Pais como deputada suplente. Estes alunos foram eleitos e irão representar o círculo eleitoral de Viseu na Sessão Nacional a realizar em Lisboa nos dias 25 e 26 de Maio.

foto_parlamento

E ASSIM SE CONSTRÓI O FUTURO

Combate imagem_net_cartaz_PJBao Insucesso Escolar”- tema pertinente pela sua atualidade, merecendo, por parte de todos nós, cidadãos europeus, uma reflexão profunda para encontrarmos respostas urgentes e adequadas. A participação da Escola Secundária de Nelas no programa Parlamento dos Jovens cativou logo os alunos pela pertinência do tema prop
osto e pelo seu carácter desafiador! Após a inscrição da nossa escola pelas professoras responsáveis, Sandra Póvoa e Manuela Campos, e consequente divulgação do Projeto pela comunidade estudantil, surgiram duas listas, constituídas por dez elementos cada, a candidatarem-se à Sessão Escolar do Parlamento dos Jovens. Nesta, realizada no dia 16 de janeiro, tomaram posse os deputados eleitos e procedeu-se à eleição da Mesa da Sessão Escolar, com debate de propostas, elaboração do Projeto de Recomendação da Escola e eleição dos deputados à Sessão Distrital. Os deputados efetivos eleitos foram os alunos Manuel Borges da Silva (9.º B) e Francisca Mendes (9.º B), e a deputada suplente foi a Rute Monteiro.

O nosso aluno Edgar Almeida conseguiu ser eleito Presidente da Mesa da Sessão Distrital. Esta realizou-se no dia 9 de março, em Vouzela, onde o Edgar esteve à altura do acontecimento. Nesta fase, participaram 22 escolas de todo o distrito de Viseu, envolvendo um total de 66 deputados (44 efetivos e 22 suplentes).

O deputado Hélder Amaral, eleito pelo CDS-PP no círculo eleitoral de Viseu, dinamizou o debate sobre os temas deste ano do Parlamento dos Jovens – “Ensino Público e Privado: Que desafios?” para o Ensino Secundário e “ (In)Sucesso Escolar” para o Ensino Básico -, realizado na escola sede do Agrupamento.

A intervenção do deputado começou com uma breve descrição das funções de deputado e do funcionamento da Assembleia da República.

Seguiu-se o debate propriamente dito, ocasião para os candidatos a deputados esgrimirem argumentos a favor das propostas de medidas que constituem o programa das respetivas Listas. Foi também a altura para lançamento de novas ideias sobre o tema que poderão ser utilizadas na melhoria das propostas já apresentadas. Para além do debate acerca dos temas em questão houve ainda oportunidade para reflectir sobre a actualidade política e social. De entre estes, destaco a municipalização da educação, a corrupção e as questões em torno das coligações de governo e da governabilidade do país.questões em torno das coligações de governo e da da governabilidade do país.Foi uma boa sessão em torno do tema que estava em debate - "ensino público e privado: que desafios" - mas que também passou por outros temas da atualidade política e social.