No dia 20 de setembro decorreu na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, o Evento Final Apps For Good - 3ª edição onde a equipa finalista do AE Nelas, constituída por António Paula, Raul Sofia e Samuel Guilherme, esteve a apresentar a sua solução móvel Farm Share. 

Este evento contou com a presença de outros 20 projetos nacionais, de norte a sul do país, este ano com uma participação insular, dos Açores, e que abrilhantou ainda mais este projeto. 

A cerimónia final contou com altas entidades onde destacamos o Sr. Ministro da Educação, Tiago Brandão, o Diretor da ERTE (Direcção-Geral da Educação), João Carlos Sousa, o Administrador Executivo da Fundação Calouste Gulbenkian, Pedro Norton e o Presidente da Portugal Inovação Social, Filipe Almeida.

Tiveram assim a possibilidade de conhecer mais de perto alguns dos principais projetos, entre eles o Farm Share. Como símbolo desta aplicação foi oferecida uma “abóbora de Nelas”  ao Sr. Ministro da Educação, que simpaticamente a guardou para recordação deste dia. 

Não menos importante foi a participação da equipa We Love Toasts (da aplicação Cook Wizard) que, nesta edição, desempenhou a função de “Fellows”, apresentando e animando a final, deixando uma excelente imagem daquilo que os alunos de Nelas conseguem desenvolver fora de portas - não só as literacias digitais, mas também as literacias comunicacionais, tão importantes no mundo atual.

Embora a nossa equipa não tenha vencido nenhum prémio, fica a experiência acumulada ao longo do projeto que certamente trará dividendos no futuro. 

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=xKh9qHCQrtk

Entre os dias três a onze de dezembro realizou-se a Feira do Livro, que, neste ano, teve lugar na Biblioteca Municipal de Nelas.
             Professores e alunos de Português colaboraram na decoração do espaço e na preparação da visita dos escritores José Fanha e Miguel Horta, que aconteceu nos dias quatro e onze, respetivamente.
           Todas as turmas da escola rumaram à Biblioteca Municipal para visitar a Feira do Livro e poderem ver, folhear até comprar livros de tipologia diversa, para todas as idades – conto, romance, biografias, poesia, banda desenhada, gastronomia, aventura, cidadania, entre outros.

          O que mais gostamos foi de conhecer os escritores convidados, muito divertidos, que nos ensinaram alguns segredos para todos sermos escritores, e que basta aproveitarmos o que nos rodeia e as pequenas coisas e episódios do quotidiano. Ficamos impressionados quando percebemos que podemos nascer de um sorriso e de um dedo e que é fácil aprender crioulo – “Kusa ke kusa ki fika kusa nes mundu”.

Algumas fotografias desta atividade: